quarta-feira, 11 de agosto de 2010

O golpe do encontro duplo

Faz muito tempo que não falo nada do tema encalhamento neste blog. Porém, dia desses, conversando com uma amiga, ouvi um caso que me senti na obrigação de divulgar. Quase um serviço de utilidade pública para bonitonas. Chama-se "O golpe do encontro duplo".Você cairia?

Vou te testar:

Pergunta: A bonitona (pode ser você) fica com um moço, uma, duas, três, vezes. Lá pela quarta vez, ele convida pra sair com "um casal de amigos dele". A bonitona pensa: "uou, sair com um casal de amigos significa que...

a) Nós somos um casal!!!
b) Ele está me apresentando pros amigos mais sérios, ou seja, nossa relação pode evoluir.
c) Ele está me levando para ser avaliada pelos amigos em que mais confia, pra ver se sou aprovada. Próximo passo é o batizado do sobrinho!
d) Nenhuma das alternativas anteriores.

Infelizmente, queridas bonitonas, a alternativa correta é "d". Os golpistas do encontro dulpo desdenvolveram uma técnica super avançada que consiste em: os dois amigos estão COMEÇANDO a ficar com duas bonitonas (cada um com  sua, claro). E  que eles fazem? Cada um fala para a sua bonitona que eles vão sair com um casal de amigos, deixando as duas bonitonas igualmente esperançosas.

Os golpistas, ardilosos e calculistas, decoram o nome e profissão da ficante do amigo. Esta tática, cruel, tem vários efeitos até hoje identificados, quais sejam: (i) dá a impressão, para a ficante dele, que a bonitona do outro já é conhecida dele há mais tempo; (ii) dá a impressão, para a ficante do amigo, que o bonitão dela falou MUITO dela com os amigos, e que, por isso, el está quase engatando um namoro.

Durante o encontro, como as bonitonas não se conhecem, elas não vão ficar perguntando sobre o namoro do outro casal (namoro, porque nenhuma delas suspeita que a outra menina da mesa não namore há, no mínimo, 2 anos), né?

Com isso, os golpistas, macomunados, ficam na zona máxima de conforto. Provavelmente, como ambas querem "agradar a namorada do amigo, pra mostrar pro ficante como ela é capaz de se integrar na turma dele" serão as duas super simpáticas uma com a outra, mas, principalmente, com os moços, concordando que a Fórmula 1 é muito mais interessante quea Copa do Mundo de Futebol e que a adpatação para o cinema das histórias em quadrinho é o que de melhor está sendo produzido por Hollywood atualmente.

Depois desse encontro, as chances de uma bonitona ceder mais que deveria para um reles golpista são grandes, já que ela estará cheia de esperanças e, possivelmente, cheia de álcool no sangue também.

Eu já cai nesse golpe. O pior: só descobri que tinha sido uma vítima ANOS depois, quando encontrei com a outra vítima numa loja e, depois de nos cumprimentarmos, perguntei:

- E o MR. X, vocês ainda estão namorando?

E ouvi:

- A gente nunca namorou, era a terceira vez que a gente saia... e você e o Mr. M ainda juntos?

Fiquei com tanta vergonha que nem expliquei tudo, só falei que não, não tinha dado certo.

7 comentários:

Barbara disse...

Que preguiça hein?...
ps: To adorando o Blog "mode on" de novo!

Rita Tavares disse...

Bom dia Laura!
Pois eh, esse golpe eh terrivel mesmo, mas acho que tem outros tb que devem ser mencionados.... Aquele em q os "bonitoes" fazem apostas, apostam td para ficar com a Bonitona, depois que ficam, voltam para o reduto e falam, estao vendo, sou demais, ela caiu na minha labia. Esse golpe eu ja passei, e na epoca fiquei doida de raiva, e como com mulher nao se brinca, esperei um tempo, e fiz uma aposta com a nossa turma q ficaria com o bonitao "mais bonitao" da turma do reduto. Apostei na epoca um final de semana sem dividir nada na turma, nada mesmo, nem almoco, nem jantar, nem bebida e nem boate, iria ficar o final de semana todo por conta,e eles aceitaram o desafio.... E la fui eu, toda bonitona, passei pelo bonitao como quem nao quer nada, dei um "oizinho" de quem ja conhecia (e o conhecia mesmo), dai ele perguntou se eu estava sozinha, disse q sim (a turma toda do outro lado olhando), sentei e ficamos conversando horas, a turma estava perto num restaurante chamado La Mama, no Gilberto Salomao em Brasila, la pelas tantas, ficamos juntos, sai de la e passei perto da mesa dos meus amigos, o q eu nao contava era q ele iria descobrir na mesma noite. E na frente de todo mundo, ele deu um tapinha nas minhas costas e disse: Poxa, pensei que vc era diferente, e gostava de vc de verdade, pena q vc estava apenas brincando, criancas!!!...e ali ele saiu e eu fiquei com cara de pateta, resumindo, nao ganhei o final de semana de graca e nem fiquei com o bonitao, e ele era super gente boa.
Casos e acasos!
Beijos de bem longe!

Blog do Cachorro Cansado disse...

Olha só, e eu que nunca tinha pensando nisso. Como sou amador nestes assuntos..rs
abs

Canhenho disse...

Infelismente, bonitona, nós mulheres estamos cada vez mais sucetível a esses "reles golpistas". Temos que nos proteger, ao notar que o cara só quer ficar, nada a sério, temos que pular fora, agir mais com a cabeça do que com o coração. Assim sofreremos menos, pois se alimentarmos relacionamentos como esse a única saída é a desilusão.

Catiluva disse...

Laura, estava com MUITAS saudades dos teus textos, muitas mesmo!

Cíntia Mara disse...

Hahahaha, nunca passei por uma dessas, mas vou me lembrar disso caso aconteça.

Beijos

Mary Helen D'Agrosa disse...

Gente,
Tô chocada! Esses homens estão se profissionalizando mesmo! Caras de pau!

Conheci seu blog através da Viviane, sua seguidora. Amei!

Também tenho um blog e sua visita será muito bem vinda!

http://maryhelendagrosamakeup.blogspot.com/

Bjos

Mary