segunda-feira, 18 de maio de 2009

São tantas emoções

Pode ser que Roberto Carlos seja barango.
É só uma hipótese.
Não afirmo que seja, nem que não seja. Porque, para mim, a definição da baranguice é algo que meio difícil. Talvez tenha isso em comum com Roberto Carlos: essa tendência a ser sentimental, piegas, apaixonada e, como não poderia deixar de ser, baranga... Porque se chique e elegante é ser frio, incolor, insípido e inodoro, eu escolho a baranguice. Emocionar-se, emocionar-me, emocionar-te, isso acaba sendo sempre um pouco barango...E, eu tenho tanto pra te falar...
Fato é que o Roberto Carlos, em seu reinado como tradutor de emoções e amores com os quais nos identificamos tanto, fez uma música que eu amo, e fala "eu só não quero cantar sozinho, eu quero um coro de passarinhos, quero levar o meu canto amigo a qualquer amigo, que precisar...eu quero ter um milhão de amigos e bem mais forte poder cantar!!!"
Também quero ter um milhão de amigos... e bem mais forte poder cantar...
Também não possuo dotes cantores. Meus trinados são desastrosos, desafindo até em "Parabéns pra você", mas, apesar disso, gosto de cantar.
Entre muitas emoções - e são tantas as emoções que estou vivendo ultimamente - uma coisa que faz minha pele arrepiar é quando muitas pessoas se unem num momento pacífico, para celebrar suas igualdades. Acho lindo uma torcida vibrante, cantando o hino do amor ao clube, sentimento que os torna, aquela massa imensa de gente, iguais, apesar de todas as diferenças...Acho lindo um estádio lotado e as pessoas cantando o hino de seu país quando um atleta supera todas as expectativas... Trava a minha garganta ouvir um show em que a cantora para tudo e deixa com que os fãs sejam um pouco protagonistas daquele momento. Afinal, nenhum ídolo se faz sozinho...é preciso um milhão de amigos... E, no meio da multidão, meus desafinos somem.
Estar no meio dos outros, que cantam comigo a mesma música, me afina...Me deixa afinada com o contexto, com o espírito, com o todo. Deixo de ser inteira para ser parte, e meu canto funciona assim, como um pedacinho de algo maior. É claro que os sucesso do conjunto depende de cada voz, mas não é importante que as vozes sejam perfeitas. Só é importante que estejam juntas, cantando a mesma música.
Então, quando recebo um vídeo como o que recebi hoje, de um evento promovido por uma empresa de telefonia celular em Londres, que reuniu milhares de pessoas em praça pública para cantar "Hey Jude", como se fosse um karaokê, não consigo não me emocionar. Não consigo evitar um sentimento bom, a impressão de que "o mundo ainda tem jeito, apesar do que o homem tem feito, de que a vida sobreviverá...".
Depende de nós, como aprendi na minha infância e como, por mais que eu veja coisas que queiram me convencer do contrário, eu continuo achando...
Vocês se emocionam também?


20 comentários:

Anônimo disse...

Emocionava. Muito. Hj, infelizmente, sou mais racional. Dificilmente me emociono. Mas já fui assim.

Anônimo disse...

Lindo o seu post! Apesar dos muitosJANEIROS (literalmente falando)bem vividos, ainda me emociona ouvir esse tipo de música.
Você continua cada vez melhor. Dá prazer abrir o seu blog, diariamente, na certeza de sempre encontrar páginas inteligentes, interessantes e divertidas.
Beijos.....

Camila disse...

Amei..amei..amei...super emocionante mesmo! Assim como o seu texto! Beijos

JuD. Faria disse...

Tou a duas horas futucando teu blog,li ate um pouco antes do casamento da tua amiga, e da saga do vestido,hahahahahaha.

Adoreeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeei e vou procurar o livro aqui em Salvador.

Beijocas e parabens!!!!!!!!!!!

Michele Parente disse...

Primeira vez em seu blog.
Amei todo o seu blog, principalmente o seu texto de hoje. Vi que tu vai lançar um livro que maximo. parabens!!
beijosss

Michele Parente disse...

Primeira vez em seu blog.
Amei todo o seu blog, principalmente o seu texto de hoje. Vi que tu vai lançar um livro que maximo. parabens!!
beijosss

Michele Parente disse...

Primeira vez em seu blog.
Amei todo o seu blog, principalmente o seu texto de hoje. Vi que tu vai lançar um livro que maximo. parabens!!
beijosss

Michele Parente disse...

Primeira vez em seu blog.
Amei todo o seu blog, principalmente o seu texto de hoje. Vi que tu vai lançar um livro que maximo. parabens!!
beijosss

Michele Parente disse...

Primeira vez em seu blog.
Amei todo o seu blog, principalmente o seu texto de hoje. Vi que tu vai lançar um livro que maximo. parabens!!
beijosss

Carlinda Hellen disse...

Nossa, não sei se fiquei mais emocionada com o video q é lindo, ou com seu texto q me fez chorar. Laura, se vc continuar com escrevendo assim aja lagrimas....rsrsr

Parabéns pelo texto!

Bjos

Nine disse...

Olá, Laura!!!
Estou vindo lá do blog Inveja do Bikini, da Kat!!!
Menina, se é assim como você diz, então sou total barangona... rsrsrs!!!

Tô adorando conhecer teu blog, teus textos... Tão bom ler coisas que nos lembrem o quanto a gente é normal e pode se emocionar, se apaixonar, se encantar, sem medo de viver essas grandes emoções. E sem vergonha, tb!!!

Parabéns!!! Pelo blog, e pelo lançamento do livro... pena que moro em Porto Alegre, senão, com certeza iria compartilhar dessa alegria, dessa tua conquista!!!

Um beijo grande.

Ewerton Martins Ribeiro disse...

Eu sim. A vida vive tentando tirar isso da gente, mas de mim, ela não consegue. Não mesmo!

Parabéns pelo blog.

Ewerton Martins Ribeiro disse...

Putz! E eu tinha escrito o comentário anterior antes de ver o vídeo. Já tinha ouvido falar, mas não tinha visto. Depois de ver... poxa vida. Demais.

Ana Guimarães disse...

Linda! Lindos! Você, o texto, o vídeo... Preciso nem de falar, né?
Vou precisar de boas caixas de lenço pra passar pelos próximos acontecimentos, de tanta felicidade que não cabe em mim!
Sábado estarei lá, confirmadíssima, e já tratei de te spamar nos meus grupos de e-mail e no blog!
Beijos!

Anônimo disse...

Nooossssaaa.... desabei em lágrimas! É muito lindo!!!!

Kat disse...

Laura, meu e-mail é catalinabikini@gmail.com
Estou tentado reunir outras blogueiras de BH lá no Pátio.. pode deixar que nos identificaremos! beijoquinhas

Sofia disse...

Estarei no lançamento do seu livro e vou me identificar sim. Coloquei um post no meu blog divulgando. Abraços!!

Maria Valentina disse...

Laura,, lembra de mim, do teatro do Loyola?
Tive a grata surpresa hoje, ao ler o Estado de Minas, do lançamento do seu livro. Muito sucesso! E pode ter certeza que o blog já está nos meus favoritos.

priscilla disse...

laura, por favor assista:

http://www.youtube.com/watch?v=XI2yfcxD95o&feature=PlayList&p=79BBB7A5DDBA7BC6&playnext=1&playnext_from=PL&index=48

vale a pena... atenção na letra e nas expressões mais do que espontâneas desse galã suspirante...

aff...

disse...

me emociono MUITO mesmo!!!
amei...