segunda-feira, 15 de junho de 2009

Uma bonitona gorda, um vestido magro

Quem acompanha este blog desde o primeiro post, ou quem chegou depois e foi lá conferir, ou quem leu o livro sabe que tudo começou com meu pai e eu assistindo, lado a lado, como ainda hoje fazemos, um programa na tevê.

O programa que fez com que meu pai me chamasse de bonitona encalhada pela primeira vez foi "Três noivas gordas, um vestido magro", um reality show em que três competidoras muito acima do peso tentam perder muitos e muitos quilos para ganhar um lindo vestido de casamento.


Agora, neste momento de minha existência em que meu grande dia se aproxima, subi na balança ontem e ela foi cruel. PRECISO perder pelo menos uns três quilos, o ideal seriam seis, mas não posso criar tantas expectativas, principalmente porque, quando Eu crio expectativas, elas rapidamente emitem um comando ao meu cerébro para que ele coma tudo o que encontrar pela frente.

Todo mundo que eu conheço funciona assim: fica triste, emagrece. Deprime, emagrece. Fica ansiosa, emagrece. Estressa, emagrece.

Não sei por que misteriosos desígnios divinos, eu, ao contrário, engordo. Deus me deu esse diferencial:

- Laura, para que você seja única, nas ocasiões em que suas amigas geralmente perdem peso, você vai ganhar.

Está ai uma coisa que, em geral, as pessoas não querem ganhar. Peso. Prefiro injeção na testa.

Quando fico triste, deprimida, estressada, ansiosa e/ou de TPM (pode ser que um ou mais sintomas apareçam simultaneamente) o único sorriso que realmente me cativa são das batatas sorriso. Tão simpáticas! Aliás, batatas sorriso e biscoitos trakinas! Tem como não engordar? Deviam inventar alfaces sorriso, chuchus sorriso, enfim, todos os vegetais bem sorridentes...mas não.




A questão central é que as pessoas já estão pensando que estou grávida, diante da decisão repentina de atar os laços matrimoniais, e eu não queria confirmar as suspeitas quando elas olharem para minha pancinha proeminente. Nem quero que o "será que" seja a conversa predominante neste momento... além disso, não quero também braços gordos, nem cintura de elefante. Queria ser uma noiva linda (e magra) e como o projeto é ser uma noiva linda (e magra)em 25 dias, tudo está atrasado.

Verdade é que em fevereiro, a BOA FORMA lançou um desafio da noiva, que prometia emagrecer 10 quilos e definir os músculos em três meses, mas, na ocasião, eu não tinha nenhuma expectativa de ser uma e esbravejei. Cogitei inclusive cumprir todo o programa e mandar um depoimento desaforadíssimo para a revista, dizendo que as bonitonas encalhadas também eram capazes de vencer qualquer desafio. Mas não. Negligenciei meu espírito combativo e combatente e orgulhoso de bonitona encalhada e deixei pra lá. Agora: agora não faço idéia de como vou me virar nos 30, ou melhor, nos 25 (dias), para perder os centímetros que sobram. Será que me exilo num SPA? Será que corro todos os dias para o trabalho? Será que começo a acordar as 4 da manhã para malhar 5 horas por dia?

Convenhamos que a vida é mesmo cíclica. Me tornei bonitona encalhada assistindo "Tês Noivas Gordas e Um Vestido Magro" e estou prestes a deixar de ser encalhada protagonizando "Uma bonitona gorda e um vestido magro".

Adorei todas as sugestões recebidas hoje. Combinando a dieta do zíper (sensacional!) com a de South Beach e algumas muitas horas na academia (em que tenho que me matrícular) o resultado será certo. Tomara. Eu podia mesmo era fazer uma promessa pra São Longuinho e prometer tantos pulinhos, mas tantos pulinhos que os próprios pulos dados em cumprimento da promessa me fizessem emagrecer. Mas não quero me comprometer com santo que é compromisso que eu levo muito a sério. Está na canela até hoje a fitinha amarela do Senhor do Bonfim que não me deixa mentir.

Acho que a solução tem que ser drástica e definitiva. Vou escrever no blog todas as vezes que tiver vontade de comer. Vamos ver se assim eu me controlo. Preciso descontar a compulsão em alguém. Pode ser em vocês?

16 comentários:

Ernani Netto disse...

Pode descontar em nós!

Se isso te ajudar!

bjaum

Walkyria Suleiman disse...

Querida Laura. Teu livro chegou, ainda está embrulhadinho, meu filho acaba de trazer. Obrigada minha linda. Olha, amei o post, vc escreve muito bem. Experimente tomar, em jejum, o suco de um limão puro. Depois espere uns 15 minutos para comer algo. Regula os sucos gástricos, coisa que define melhor o apetite. Não custa.

Walkyria Suleiman disse...

E pode, pode sim!

Zé Cabudo disse...

Mas já?! É cedo...

existo_insisto_desisto disse...

A cda ímpeto de ansiedade, tome um copo de água ou rasgue ao meio algum dinheiro que tenha na carteira.. caso não dê certo, venha simbora escrever hehehe

blogdadeborahrajao disse...

Oi, Laura , aqui é a Déborah Rajão.

Queria convidà-la para acessar o www.blogdadeborahrajao.blogspot.come ver as fotos do Prosa de Mulher do qual você participou.

Um beijo e sucesso para você.

A letra S disse...

Olá
primeira vez que acesso seu blog e estou achando mara

beijão

Alice Mânica disse...

Bonitona, eu sou da sua tchurma, as que engordam só de se preocupar se vão engordar... pode descontar em mim também todas as suas frustrações e ansiedades!!! Vc ouviu falar também da dieta da banana matinal? Vou recuperar o email e te mandar, dizem que funciona. Beijos e sucesso!!!

Anônimo disse...

Faça massagens redutoras, tenho várias amigas que fizeram um tempinho antes do casamento e deu certo. Dói demais, mas o resultado é interessante, não emagrece, mas dá para perder medidas!! Muitas medidas, ainda mais vc que não faz atividade física.

Anônimo disse...

Rasgar dinheiro???????????? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
É.. COM CERTEZA com essa tática os possíveis cometários sobre uma suposta gravidez irão mudar.. Mas, prepare-se: "A noiva tá linda, né, magrinha.." a outra responde "Pois é menina, mas tá doida a coitada, fiquei sabendo que anda até ragando dinheiro.."
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
beijos.

Camila disse...

Eu acho que a dieta do blog será a malhor solução mesmo...mas você pode dar uma incrementadinha nela...toda vez que você sentir fome, você PRESCISARÀ fazer uma caminhadinha inspiracional de 10 minutos em ritmo frenético antes de começar a teclar...Vai ser tiro e queda!Beijos

Anna disse...

Vou adorar ler os novos post que agora deverao ser diarios ou devo dizer de 5 em 5 minutos? hehehehe
Mas falando serio porque vc nao experimenta colocar uma foto sua na geladeira? E aproveita pra colocar uma foto de uma noiva linda e mageeeeerrima do lado. Tenho certeza que vc nao vai abrir a porta da geladeira nem pra beber agua.
Posso aproveiitar e fazer perguntinhas de noiva? Onde vai ser seu casamento? Fotografo? Esses tipo de coisas...
bjs e boa sorte!

Anônimo disse...

Foi de uma infelicidade ímpar o seu comentário sobre os braços gordos e a cintura de elefante, meu anjo, magreza não é sinal de beleza assim como ser gordo não é igual a ser feio, que pena que a "Bonitona" tenha um pensamento tão pobre, preconceituoso e distorcido sobre o feio e o belo.
Tomara que consiga alcançar o seu ideal de beleza.
Abraços
Rogério

Laura H disse...

Rogério,
não queria ter ofendido niguém. Desculpe-me se pareci agressiva, preconceituosa, ou qualquer coisa do gênero, meu peso é só mais uma das tantas neuroses e aflições de uma noiva, como tantas outras...enfim, coisas de mulher. Talvez as meninas entendam isso melhor e não tenham visto dessa forma.

Celline disse...

Oi Laura!
É a primeira vez que entro no seu blog e estou adorando tudo.
Pelo que pude notar nós somos muito parecidas... Eu também sou advogada, tenho 27 anos, moro em Belo Horizonte, sou bonitona (rs) e encalhada...(rs). Me identifiquei com praticamente tudo o que vc diz...
Minha mãe também já fez um comentário semelhante ao do seu pai.... "suas amigas gordinhas estão csando e vc, aí que é magra e bonita tá solteira"... odiei escutar isso... Com muito esforço consegui enxergar um aldo bom: sou um pouco mais exigente...
Atualmente estou em um relacionemento de 3 anos que parece estar no fim pq ele é muito ciumento... Aí então serei encalhada mesmo...
Quanto à sua dieta, eu sei que vc não quer remédios controlados, mas para situações de emergência, não consigo indicar outra coisa.
Eu já fui dez quilos mais gorda, sofri com o efeito io-io muitos anos, mas agora eu estou no meu peso ideal, só falta fazer academia. Para emagrecer definitivamente, consegui com o método "fechando a boca", como de tudo em pequenas quantidades e várias vezes ao dia... Espéro que funcione com vc.
Tudo de bom no seu casamento... Beijos

Celline disse...

Oi Laura!
É a primeira vez que entro no seu blog e estou adorando tudo.
Pelo que pude notar nós somos muito parecidas... Eu também sou advogada, tenho 27 anos, moro em Belo Horizonte, sou bonitona (rs) e encalhada...(rs). Me identifiquei com praticamente tudo o que vc diz...
Minha mãe também já fez um comentário semelhante ao do seu pai.... "suas amigas gordinhas estão csando e vc, aí que é magra e bonita tá solteira"... odiei escutar isso... Com muito esforço consegui enxergar um aldo bom: sou um pouco mais exigente...
Atualmente estou em um relacionemento de 3 anos que parece estar no fim pq ele é muito ciumento... Aí então serei encalhada mesmo...
Quanto à sua dieta, eu sei que vc não quer remédios controlados, mas para situações de emergência, não consigo indicar outra coisa.
Eu já fui dez quilos mais gorda, sofri com o efeito io-io muitos anos, mas agora eu estou no meu peso ideal, só falta fazer academia. Para emagrecer definitivamente, consegui com o método "fechando a boca", como de tudo em pequenas quantidades e várias vezes ao dia... Espéro que funcione com vc.
Tudo de bom no seu casamento... Beijos