quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Amar o perdido - conclusão

Amar o perdido
é doido e doído
só dá confusão

Nada pode o "falecido"
senão ser ex-quecido,
ex-pulso do coração

O passado invencível
torna impossível
um novo bonitão

Mas limpando sua mente
os bonitões do presente
lindos, chegarão!

8 comentários:

Kat disse...

Adoreiiiiiiiiiiiiii!
Seu blog é muito, muito legal!
bjocas

bonitão crééééééuuuuuuu (pq hj é sexta-feira!) disse...

Bonitona,
Entendi bem o poema. Foi só uma inspiração repentina com a substantivação do "perdido" que virou provocação.
Honradíssimo com a referência!

Conselho do bonitão: não tentem ESQUECER o perdido. Se foi um grande amor, nunca irão apagá-lo da memória. Como ensinou a bonitona, apenas não o ame mais.
Eu faria referência ao Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças pra dizer que nem máquina consegue apagar, mas o filme contraria o objetivo do post.

bonitão créu, créu, créu, créu, créu disse...

CORREÇÃO: "...não o AMEM mais". Amém!

Laura H disse...

Olha só, bonitão, eu não vejo nenhum problema em amar alguém a vida inteira. OU ter um relacionamento, terminar e, anos depois, redescobrir a possibilidade de amar a mesma pessoa (que já deve estar um pouquinho diferente, né?).O que eu não recomendo é, enquanto o amor não vem, você não VIVER, não dar chances pra outras coisas aparecerem, adotar uma postura melancólica/saudosista/insana de ficar remoendo uma coisa que, pelo menos por enquanto, está sem qualquer perspectivas. Se o cara te dá corda, roda seu pratinho, é óbvio que você pode ter esperanças, mas, se não, acho que a solução é se respeitar e se valorizar, e não se transformar em um ser rastejante...muito triste!

bonitão créu disse...

O "não o amem mais" foi no sentido de não amar o perdido, do jeitinho que você descreveu no post. Me falta sua clareza!

Redescobrir a possibilidade de amar a mesma pessoa, que já estará diferente, é descobrir um NOVO amor, certo?

Convenhamos: bonitão créu não combina com falar de amor.

Luciana Kotaka disse...

Olá, vi seu blog em outro local e vim te conhecer. Muito legal a forma que escreve e coloca as situações.
Venha conhecer o meu, trabalho com emagrecimento e manutenção de peso, e sempre tem postagens interessantes.
Um grande abraço e uma ótima sexta

Anônimo disse...

Anônimo disse:
Não só encalhada mas, também, um pouco preguiçosa. Há 4 dias não temos notícias suas e não há justificativa para essa omissão tão prolongada.
Beijos de seu {sua} fã inconformado {a}.

Cassi disse...

Laura,
Deixei um comentário no texto "término" pra vc.
Tenho aqui uma indicação de livro pra lhe dar. Na verdade, qualquer um de Rubem Alves que fale do tema "perdição de amor" vale ( vc o conhece?)...ele é famoso, mas não faz sucesso na fortuna crítica.Para mim, isso muitas vezes não importa. Ele não é um escritor "poeta", mas um conhecedor das experiências humanas e por isso, já acho que pode ser uma boa...