domingo, 1 de fevereiro de 2009

Negociando com o Senhor do Bonfim

Eu não sei de vocês, mas eu tenho o péssimo hábito de negociar com Deus ou com qualquer outro santo com o qual eu esteja de algum modo comprometida.
É mais ou menos assim: eu faço uma promessa, num momento de absoluto desespero, apelando mesmo. Começo a cumprir, bonitinhamente, ou melhor, bonitonamente, e os dias começam a se passar. Se eu consigo a graça almejada, começo a pensar: "Ó, céus, porque fui prometer uma coisa tão difícil de cumprir"...
Se não alcanço, penso: "Ai, que meleca, porque é que eu fui prometer uma coisa tão difícil, sendo que nem adiantou"... Ai, quando ou vendo que está muito difícil de cumprir, começo a negociar...
Chocolate e refrigerantessâo clássicos. Sempre prometo: vou ficar um ano sem beber refrigerante...ai, vem o primeiro aniversário, eu corro pro banheiro e fico lá, no meu bate-papo mental com a entidade sacra:
- Então, já tem, três meses que eu não como chocolate...o moço me ligou, é verdade, mas nem era lá essas coisas...se eu soubesse antes, tinha ficado em casa só com o chocolate mesmo...me proporciona muito mais prazer que aquele mequetrefe...
Na minha loucura pessoal (atire a primeira pedra quem nunca dá uma surtadinha!!!), eu, justa, imagino Deus contra-argumentando:
-Ah, não, Laura..Vc tá tentando me passar pra trás...DE NOVO!!!
- Mas Deus, você podia perdoar, né? Porque, na sua onisciência, você SABE que a promessa foi desproporcional, e na sua onipresença, você viu como aquele menino não valia o sacrifício...
E o meu Deus, Santo Antônio ou Virgem Maria, sempre super compreensivos:
- Tá bem, tá bem...
E eu com vergonha da minha fraqueza:
- Então, vamos só mudar um pouquinho, eu fico sem comer chocolate durante um ano nos dias úteis!
Depois dessa conversa com o Deus que habita em mim, no melhor estilo namastê de ser e viver em harmonia com o cosmos, vou correndo ver se ainda tem um pouquinho da torta de chocolate...
Agora, com o senhor do Bonfim, quase a mesma coisa está acontecendo, mas eu não sei o que poderia dar em troca dessa fitinha feiosa amarrada na canela... Alguma sugestão?

4 comentários:

Carol disse...

Bom, não tenho nenhuma sugestão.. O recado é só pra dizer que me identifico com seu drama! também inventei de amarrar uma fitinha do Senhor do Bonfim VERDE LIMÃO no pulso!
Os primeiros meses foram vergonhosamente dolorosos, mas não tive coragem de tirar ou cortar (pq fui pedir coisas tão importantes???)... Já faz quase um ano que convivo com ela, me acostumei, até esqueço.. É só um detalhe, a solução é abstrair!

Catiluva disse...

hehehe, eu tb costumo fazer esse tipo de promessas. A mais comum é ficar sem comer chocolate até o desejo se realizar. Escusado será dizer que eu sempre acabo por esquecer da promessa que fiz. Acho que nem chega a durar 2 meses! Mas desta vez tem que ser, não como chocolate nem refrigerantes até...o desejo se realizar!

Camila disse...

Bonitona, a solução é acelerar o processo de "queda" da fitinha. Esfregue sua canela com atenção especial e quantidade generosa de sabão durante o banho. O mesmo vale para o hidratante. Faça exfoliação corporal regularmente. Lembre-se que se a fitinha estivesse no pulso toda vez que vc lavasse a mão com capricho ela molharia...use esta tática:lavou a mão, dê uma umedecidinha na feiosinha. Também vivo um dilema parecido. Durante minha lua de mel tivemos uma cerimonia de casamento budista e aliança é uma especie de fio vermelho de lã que é amarrado no seu pulso direito pelo monge. Você tem a opção de tirar a fitinha 3 dias após a cerimônia ou esperar que ela caia. Perdi o prazo dos 3 dias...então estou esperando a fitinha cair....desde de outubro de 2008. Mas pelas minhas observações, minha fitinha está iniciando o processo de "queda". Beijos e Boa Sorte!!!

Camila disse...

Bonitona, a solução é acelerar o processo de "queda" da fitinha. Esfregue sua canela com atenção especial e quantidade generosa de sabão durante o banho. O mesmo vale para o hidratante. Faça exfoliação corporal regularmente. Lembre-se que se a fitinha estivesse no pulso toda vez que vc lavasse a mão com capricho ela molharia...use esta tática:lavou a mão, dê uma umedecidinha na feiosinha. Também vivo um dilema parecido. Durante minha lua de mel tivemos uma cerimonia de casamento budista e aliança é uma especie de fio vermelho de lã que é amarrado no seu pulso direito pelo monge. Você tem a opção de tirar a fitinha 3 dias após a cerimônia ou esperar que ela caia. Perdi o prazo dos 3 dias...então estou esperando a fitinha cair....desde de outubro de 2008. Mas pelas minhas observações, minha fitinha está iniciando o processo de "queda". Beijos e Boa Sorte!!!