domingo, 9 de novembro de 2008

Mulher Maracujá


Quem me conhece sabe que eu sou ótima de garfo.


Só não como três coisas: melão, melancia e pepino. Isso, obviamente, entre as coisas comestíveis, porque, desculpem-me (gosto não se discute), sarapatéu e buchada de bode nem entram nessa categoria para mim, portanto, desconsidero.


Melancia eu não como porque, apesar de ser muito aguada, e muito indigesta. Eu fico arrotando melancia o dia inteiro. Então, com outras opções de frescor, evito.

Melão é a mesma coisa, uma água sem graça.

Já o pepino tem um gosto que contamina o resto da salada toda, tudo fica com gosto de pepino e eu acho que esse comportamento egoísta e também altamente indigesto merece ser evitado. Pepino, para mim, só em rodelas para aliviar as olheiras.


O mais interessante é que pepino, melão e melancia, são da mesma família de vegetais...enfim, não gosto dessa família.

Por isso, desde que começou essa história de mulheres-frutas, eu fiquei pensando: tanta fruta boa no mundo, vão escolher logo as piores. São redondas e grandes, metaforicamente parecidas com os glúteos e os seios das tais mulheres, mas só. Umas frutas sem graça, só água e um gostinho de leve. Água e caroço. Acho triste ser denominada de melancia, só pelo formato da sua bunda, ainda mais porque, sinceramente, eu é que não quero ter um bumbum que nem uma melancia. Para mim (mais uma vez, para mim), é muito triste ser só uma mulher casca.
Tudo na vida tem casca e recheio, forma, cor e gosto, e se eu fosse uma mulher-fruta...

Primeiro pensei em mulher-laranja. Sabe, tenho meus furinhos, minhas imperfeiçõe, mas o gosto é ótimo, cheio de vitaminha, muito embora eu me sinta um bagaço algumas vezes.


Entretanto, achei precipitado. Fiquei pensando em várias frutas e possibilidade e cheguei à conclusão de que se eu fosse uma mulher-fruta, seria a mulher-maracujá.



Primeiro, porque a flor de maracujá é linda, sem ser básica. É exótica, e diferente, e cheia de particularidades, mas linda. E cheirosa.



Segundo, porque, quando está novo, o maracujá é uma fruta de pele vistosa, firme, esticadinha, mas por dentro é um pouco azeda. E eu, adolescente era bem mais bonitinha e de pele firme que hoje, mas tive minhas crises e meus azedumes.



O maracujá, aos poucos, vai amadurecendo e ficando com a pele mais enrugadinha, como nós, com marcas, com manchas. Só que ninguém deixa de comprar um maracujá por isso, porque, o amadurecimento do maracujá vai deixando o maracujá mais doce, mais gostoso, mais pronto pra ser consumido, sem perder o toque fresco e azedinho que o caracteriza.

Se não fosse isso o bastante, eu seria a mulher-maracujá porque, como todos sabem, o maracujá acalma, tranquiliza, e eu queria muito ser assim, alguém capaz de trazer serenidade aos outros.

Outra coisa, é que quase todo mundo gosta de maracujá. É uma fruta que, mesmo cheia de personalidade, consegue agradar a muitos. Sem perder seu charme.
Além de tudo, em inglês, maracujá é passion-fruit, a fruta da paixão. A origem do nome, já me informei, refere-se à paixão de Cristo, e não à paixão que eu sinto tão intensamente... O que não impede que eu atribua outro significado a isso, e seja assim, a bonitona-fruta apaixonada!



6 comentários:

Camila disse...

Só de entrar aqui e ler seus posts maravilhosos, meu dia fica mais leve.
Parabéns, vc é ótima!
Beijos

Laura H disse...

Obrigada, Camila! Pode ter certeza que meu dia também ficou mais feliz com seu comentário!

Laura

Anônimo disse...

zulma disse...
Não gostei da fruta escolhida. Todos sabemos que maracujá dá sono. Seus comentários são tão engraçados, inteligentes e originais que, longe de nos tirar o sono, nos deixam mais animados e despertos.
Tô certa ou não tô!
Beijos

Catiluva disse...

É tão bom acordar e dar de caras com um post novo!! Faz o meu dia valer a pena! Ainda mais um post destes, muito engraçado! Adorei a sua escolha, também adoro maracujá! Mas também adoro melância, melão e pepino, hehehe!!
Quanto à sua análise das mulheres fruta, não poderia concordar mais!
Bj

bonitão créu disse...

Pra não dizerem que meus comentários em nada acrescentam ao conteúdo do blog, apresento-lhes Mulher Acerola: http://www.new.divirta-se.uai.com.br/html/sessao_9/2008/11/10/ficha_mexerico,id_sessao=9&id_noticia=4807/ficha_mexerico.shtml

Laura H disse...

Catiluva! Seja bem vinda de volta, você estava muito sumida. Agora estou querendo responder a todos os comentários e estava com saudades dos seus!

Bonitão, a mulher acerola...é homem!!! rsrsrsrsrsrsrsrsrs

Beijos!

Laura