terça-feira, 11 de novembro de 2008

Pêlo sim? Pêlo não!







Se eu encontrasse um gênio da lâmpada e pudesse pedir três coisas, uma delas com certeza seria não ter pêlos nos lugares em que tenho que depilar. Isso seria o terceiro pedido, óbvio, porque casar e virar escritora seriam prioridades, nessa ordem necessariamente. Minha vida já é bem bacana, mas se eu fosse escritora, casada e eternamente depilada, imagino que seria bem mais feliz. Feliz eu não sei, mas despreocupada, com certeza.



Quem é a bonitona encalhada que, na pressa, não saiu de casa correndo e se esqueceu de conferir as axilas? Quem nunca marcou um encontro no clube (até com uma amiga) e só notou a situação crítica da virilha ao colocar o bíquini? Não sei sobre vocês, mas, às vezes, acho que a situação está tranquila, ponho uma saia ou um vestido e, ao sol, os pelos parecem ter escurecido e se multiplicado... Verdade seja dita: se de noite, todos os gatos são pardos, de dia, todos os pelos são pretos.





Já experimentei diversos métodos de extração pelífera: cera quente, cera fria, cera de roll-on, cera feita em casa, creme depilatório, aparelhinho (de tortura), lâmina e todos têm seus prós e seus contras, mas cada um deles merecia um texto próprio. Muitas dúvidas pairam em minha cabeça sobre o tema, mas, será que sou só eu que sente - sem exagero - o útero revirar quando a moça passa cera quente na minha virilha? E quando a depiladora, com aquele meio sorriso, puxa a cera inteira, de uma vezada só, e você pensa: querida, a perereca deverá permanecer onde estava, ok?






Cera fria parece uma sucessão de choques, vrap, vrup, vrap, vrup, no final, dói tanto que eu já fico anestesiada. Sem contar a vez que cai nas mãos de uma depiladora novata, e ela fez tanta bagunça, tanta meleca, quebrava a cera no meio, ficava puxando fio por fio, que eu não consegui deixá-la terminar o serviço. Pedi pra parar e sai do salão com a virilha feita de um lado e horrenda do outro. Melhor que desmaiar de dor.


Outro dia, assisti à entrevista de uma dermatologista, dizendo que era mito a história de que raspar engrossava os fios. Engraçado, porque os meus fios são bem míticos então - tenho cer-te-za que eles engrossam mesmo.






Entretanto, voltando a meu gênio da lâmpada, como os dois primeiros pedidos (ser escritora e o casório) não estão a meu alcance, fui em busca dos meus sonhos de me tornar um ser sempre pronto para um banho de piscina, quer dizer, no que diz respeito à depilação, já que as gorduras, como já falei, exigem a burca.





Atualmente, os anúncios de depilação a laser estão em toda parte, com todos os tipos de preços e nenhuma explicação precisa sobre a diferença entre eles. Eu, neurótica que sou, comecei a pesquisar.



Sou muito preocupada com coisas de corpo e saúde e acredito que, para qualquer tratamento, a chance de sucesso é sempre 50%. Sempre leio bulas de remédios, e garanto que são muito mais aterrorizantes que muitos filmes de terror por aí. Provavelmente é porque os laboratórios têm tanto medo de serem processados que listam toda e qualquer consequência adversa já relatada, mesmo que não tenha nada a ver com os remédios. Se você acreditar em tudo o que eles escrevem na bula, nunca mais toma nenhum medicamento. Falência renal, pancreatite, dor de cabeça (vem com o nome científico: cefaléia) é o mínimo. Se com remédios sou assim, imaginem para deixar alguém apontar um laser em minha direção...


O caso é que minha sogra também tem uma clínica de depilação a laser. Mas ninguém merece depilar a virilha com a sogra, né?



Nem adianta argumentar: "Mas você já vomitou na sogra (vide post), o que tem depilar a virilha?", que eu responderei : o vômito foi espontâneo e eu estava inconsciente. Agora não, estou escolhendo.


Então, fiz meus levantamentos e cheguei à conclusão de que, infelizmente, o preço alto, significa profissionalismo e segurança, por exemplo, a avaliação por médicos, acompanhamento adequado, equipe treinada. É claro que respeito quem opta por ir em outros lugares, mas, se alguma coisa desse errado, sinceramente quero poder estar com a consciência tranquila de que fiz tudo o que estava a meu alcance para que desse certo.



Inevitavelmente, fui parar na clínica da sogra, que achou um absurdo eu debandar pra concorrência. Preciso falar que o argumento dela foi bom: se fosse uma bolsa você pagava (verdade), se fosse um óculos você pagava (verdade), se fosse um vestido de festa custaria bem mais que a sessão (verdade) e sendo a sua pele, a sua beleza, você não paga? É. Engoli.


E lá fui eu fazer as axilas (vulgarmente conhecidas como suvacos, mas esse termo é tão feio que é quase pejorativo - aliás, bonitona encalhada que se preze não tem suvaco nem bigode, mas axilas e buço). Afinal, como disse, depilar virilha com a sogra não dá, é contra minha religião.



Tirei a blusa, passei a pomada anestésica e me vem uma mocinha com dois balões de gelo. Um para cada braço. Ponho os balõezinhos sob os braços e começo a gelar inteira. A sensação dos balões é horrível, como se suas axilas tivessem decidido conhecer a Sibéria e, aos poucos, isso fosse contaminando todo o corpo. Ainda bem que só durou 10 minutos.


Depois, eles te colocam uns óculos próprios e vc fica lá, ceguinha, sentindo uns choquinhos leves (bem mais tranquilos que os a depilação com cera fria, na minha opinião) e um cheiro de cabelo queimado. Sai de lá leve, e, o que é melhor, a sessão durou uns 15 minutos. O que demorou mais foi o ritual pomada + balões, mas mesmo assim, ótimo.


Fiz quatro sessões em cerca de quatro meses (as sessões foram mensais) e agora, sou uma mulher pêlos free na axila. Quer dizer, de vez em quando surge um ou outro desavisado na área, mas eu pinço e fica tudo bem por mais vários dias.


O único inconveniente é que, como eu não me preocupo mais com a axila, acabo negligenciando as outras partes e, quando assusto, a situação já está crítica. E eu tinha planos ambiciosos para expandir minha conquista, como aquelas pessoas que se empolgam com tatuagens e saem tatuando o corpo todo... Além disso, se eu conseguisse por minha conta fazer a depilação, liberava o terceiro pedido do gênio, e ia poder sonhar com ser rica, viajar o mundo, etc.. Porém, como já disse, as bolsas caíram... e lá vou eu comprar gillete (rosa, claro)!





PS: pra quem for de Belo Horizonte, fica a dica: Quanta Laser, no Life Center, cj. 905 - telefone: (31)3286-5544. A clínica é da sogra, mas ela é boazinha.



9 comentários:

mariloyola disse...

Sem dúvida alguma a depilação eterna é, sempre foi e sempre será um dos meus pedidos ao gênio!!!

mariloyola disse...

Sem dúvida alguma a depilação eterna é, sempre foi e sempre será um dos meus pedidos ao gênio!!!

Anônimo disse...

Nó! Mas depilar virilha com a sogra é preciso ter coragem mesmo... Pq a imagem vai ficar na cabeça dela pra SEMPRE, linda! E ela ainda vai falar mal pro filho, com CERTEZA. Virilha, pense 2 vezes!

Camila disse...

Ah, Paula... pelo que eu entendi, não é a sogra que põe a mão na massa/virilha, né? Então não tem problema =)
Eu tô pensando em fazer também, mas até agora o mais confiável e acessível (pq tem desconto) foi com o meu EX-cunhado, pode? hahahhaha
Beijos!

Catiluva disse...

Eu tb adorava fazer depilação definitiva, mas o meu bolso ainda é muito pequeno para isso!
Agora, não tenho problema nenhum de cera quente! Já experimentei de tudo e a cera quente é a minha preferida. Claro que dói um pouco, mas já estou habituada.
Mas quando for grande (entenda-se com dinheiro), farei depilação a laser, sem duvidas!

Caroline disse...

Lendo o post eu já estava pensando em te pedir o contato...ainda bem que vc já passou!!! Coincidentemente este post veio no momento em que estou fazendo pesquisas e vou ligar lá hoje mesmo...quer que cite que foi indicação sua?? Rs...pergunto pq às vezes sua sogra nem sabe do blog e vc nem queira que ela saiba né!!!

Pêlos são o “ó” e eu estou simplesmente louca pra dar um fim em TUDO!!! Virilha, axilas e buço!! Afffff...essa rotina depilação e dores estão me matando!!! Hahahaha

Beijos

Laura H disse...

Vamos por partes:

Carol, pode falar que viu no blog, peça pra conversar com a Dani (e não com a sogra!), que ela te explica tudo!

Catiluva, dos outros métodos, tb me dou bem com cera quente...mas as vezes a moça é bem cruel, quase arranca minha alma!

Camila, ex-cunhado e sogra...estamos bem nós duas, né?

Mari, adoro saber que vc dá suas passadas por aqui...Obrigada pelo carinho!

Livia disse...

Querida Bonitona Encalhada,
Eu tenho uma sugestão: no terceiro pedido, você poderia pedir para multiplicá-lo por três. Aí daria para pedir a depilação eterna, pés feitos por podóloga eternamente e unhas lindas para sempre. Minha sugestão é especialmente dirigida às mamães recentes, que já passaram pela angustiante experiência de ficar 2 meses sem poder passar nem perto do salão porque o/a baby mama a cada 2 horas, o que impossibilita qualquer escapadinha em prol da beleza materna... Ainda bem (meu marido que o diga...) que depois dos 3 meses as coisas começam a melhorar!
Beijos,
Livia

sucrilhosecarambolas disse...

uhaiuaaiahiaahua
Adorei seu blog!! Posso adicioná-lo ao meu?
Sem dúvida nenhuma se existisse um gênio tb pediria não ter mais pelos para depilar... Sempre que estou naquela cama com a cera quente pergunto a mocinha "Por que nascemos com pelos?? aaaahhhh" rsrsrs

Parabéns pelo blog... Visite-me tb.
www.sucrilhosecarambolas.wordpress.com

Bjos, inté
Chris.