segunda-feira, 31 de maio de 2010

Casamento ecológico?

Bom dia, bonitonas!

No dia 5.6, além de ser aniversário da minha irmã querida e meu aniversário de 1 ANO DE CASADA (no civil), é o Dia Internacional do Meio Ambiente.

Eu sei desta data desde sempre, porque, como é o aniversário da minha irmã, sei lá, crianças sempre sabem esse tipo de coisas (assim como eu sei que o dia 9 de dezembro, meu aniversário, é também o dia nacional do fonoaudiólogo).

Por causa desse Dia Internacional que se aproxima, e de toda a movimentação que tem sido feita na última década para as causas ambientais e planetárias, decidi que essa semana (do dia 30.5 ao dia 5.6) vai ser a semana do Casamento Ecológico aqui no blog, com ideias (mandem sugestões!!!) de coisas que se pode fazer num casamento e que ajudem a preservar o planeta... alguém se habilita?

6 comentários:

Vanessa Fernandes disse...

Para um casamento ecológico, nada mais interessante que presentear os convidados com mudas de plantas. A foto do link é de look bambu
http://www.patriciafigueira.com.br/fotos_de_casamento/foto/3274092345/5/11/72157613713628648

Barbara disse...

Que tal embrulhar os bem casados com papel reciclado?

Cris Micheletti disse...

Uma sugestão interessante é dar vasinhos com plantas, ervas...de lembrancinha. Vi no blog http://vestidadenoiva.com/vasinhos da Fernanda.

Joana disse...

Ola, sigo seu blog e adoro... Acabei de ver um convite onde a noiva enviou sementes para que fossem plantadas arvores em homenagem ao casal... E bem ecologico isso!!!!

Paula Valias disse...

Eu, particularmente, acho que na prática a questão das lembrancinhas ecológicas é complicada. Nem todo mundo gosta de planta e quer ganhar um vaso pra cuidar. Já vi plantinha morrer e sementinha ser jogada fora (!) porque quem ganhou nem ligava.
Além do mais, não adianta fazer um casamento todo nada ecológico e dar de lembrancinha uma planta, né?
Na minha opinião, em termos de "casamento verde", valem muito mais atitudes como escolher uma decoração sem milhaaaaaaares de flores (que vão ser jogadas fora depois), uma papelaria mais enxuta, casar de dia (uso da luz do sol), privilegiar fornecedores locais (menos transporte = menos poluição),não comprar exageradamente, pensar pequeno (um evento íntimo requer menos recursos), e etc.
Claro que ninguém tem que fazer tudo isso junto, é um raciocínio "ações pontuais", entende?
Mas sem exagero. Acho que tudo tem que ter medida e combinar com os noivos. Muito certo pensar no planeta na hora do casamento, mas forçar as coisas ou apelar demais é péssimo. Ninguém quer ser lembrada como a noiva ecochata, né? rs
A, e super recomendo esse blog aqui ó:
http://ecochicweddings.typepad.com/ecochic_weddings/

Beijos!

Thais, a Grande disse...

Eu sugiro incentivar casamentos à luz do dia, que já economiza energia...